DISCÓBOL

ANTÓNIO JORGE

Alfacinha, capricorniano de nascimento e benfiquista por convicção. Diz que a melhor forma de conhecer a verdadeira Lisboa continua a ser o popular 28 da Carris. Homem da Rádio desde que se lembra e mais tarde da Televisão, sente-se cada vez mais seduzido pelas palavras e pelos livros. A fotografia é também uma paixão de sempre, tal como a música – particularmente a portuguesa.

Lema de vida: partilhar é preciso, mas comunicar é essencial.

DISCO #2

Daniel Kemish tinha catorze anos quando tropeçou pela primeira vez numa guitarra. Seis anos depois decide partir atrás do sonho. Apesar de ter nascido em Portugal é em Inglaterra que se atira para cima dos improvisados, mas exigentes palcos dos bares britânicos e nestes ganha lastro e coragem para viajar e tocar um pouco por toda a Europa. De regresso a Portugal guarda as covers na gaveta e começa a escrever as primeiras canções. Johnny Cash, Bob Dylan e Waylon Jennings são influências de sempre e quando ouvimos os temas de kemish percebemos que nenhum deles está inocente neste primeiro disco.

“Fools & Money” titulo escolhido para o primeiro álbum, soa a paisagens sonoras com vista para um Saloon, algures numa América que nos lembramos dos filmes com cavalos, chapéus e pistolas – onde os bons ganhavam sempre e no fim iam-se embora a assobiar boas canções.

Como as de “Fools & Money”. Em 2018 há novo disco com mais canções em nome próprio e “Fool For You” é uma delas.

Fica a proposta.

OIÇA TAMBÉM

ivo-soares.jpg
sapoMag.jpeg
maro_cantora58392fe2_base.png

© 2019 PAJU. Todos os direitos reservados.

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon